segunda-feira, 27 de maio de 2013

Crumble de maçã. Receita e história.




O crumble surgiu na Grã-Bretanha, durante a Segunda Guerra Mundial. Devido ao racionamento, não havia ingredientes para as tortas tradicionais, que exigiam muitos ingredientes. Foi por sua simplicidade de ingredientes, que esta torta tornou-se popular, sem mencionar a facilidade e rapidez com que ela é feita, pode-se emendar no final do preparo de seu almoço ou jantar e já coloca-la no forno, ao final da refeição estará prontinha pra servir com uma bola de sorvete de creme.
 Aqui esta a versão mais tradicional, e ao meu ver a mais perfeita, com maçãs, mas você também pode fazer com outras frutas, como o morango.
Ela quente fica maravilhosa servida com uma bola de sorvete de creme, porém ela fria também fica maravilhosa servida com café ou chá. Na dúvida provei das duas maneiras. Que delícia!

Receita.
150 gr de farinha
80 gr de açúcar (usei açúcar mascavo)
100 gr manteiga gelada
5 a 6 maçãs picadas em pedaços grandes
canela em pó e baunilha.

Em uma forma refratária corte as maçãs arrumando-as na forma.
Salpique o açúcar mascavo e um pouco de canela.
Faça uma farofa com a farinha e a manteiga gelada, jogue por cima das maçãs até cobri-las bem.
Pingue algumas gostas de baunilha e mais canela em pó.
Leve pra assar, assim que ficar moreninho esta pronto. 
 

sábado, 25 de maio de 2013

Arte Brentan: Dica de Café e um pouco de história.

Arte Brentan: Dica de Café e um pouco de história.:   Conta uma lenda que um dia um pastor da Absínia ( Etiópia), chamado Kaldi, resolveu levar até um monge conhecido seu, o fruto d...

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Dica de Café e um pouco de história.



Conta uma lenda que um dia um pastor da Absínia ( Etiópia), chamado Kaldi, resolveu levar até um
monge conhecido seu, o fruto de uma planta que, segundo ele, deixava o rebanho alegre e disposto quando a ingeriam. O monge intrigado resolveu experimentar uma infusão daqueles frutos amarelo-avermelhados e percebeu que realmente a infusão dos frutos lhe ajudava a ficar mais tempo acordado durante suas meditações. A partir daí o fruto começou a ser utilizado como alimento cru e estimulante, mas ainda demoraria um pouco até que seu uso se disseminasse.
 Até o século XVIII o café era considerado uma preciosidade pelos árabes que sabiam de seu potencial e eram os únicos que cultivavam a planta e dominavam a produção da bebida.
 Mas, foram os holandeses os primeiros a levar a planta até a Europa e a conseguir cultivar as primeiras mudas, vindas de Mokha na Península Arábica, no jardim botânico de Amsterdã. Foram os holandeses, também que levaram o café para a América do Norte, para a chamada Nova Amsterdã (atual Nova York) e para a Filadélfia. A partir de então, o café se alastrou para o resto do mundo. Primeiro para as colônias holandesas em Java, depois, para Sumatra, e as ilhas francesas de Sandwich e Bourbon, até chegar ao Brasil que se tornaria o maio produtor mundial de café e o segundo maior consumidor.

Fonte:  http://www.infoescola.com


Dica pra quem gosta do sabor envolvente das especiarias.
- Quando for fazer seu café coloque uma colherzinha de chá de canela em pó, junto com o pó de café e coe normalmente. A canela da um charme todo especial.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Tijolinhos. Dica de decoração.

Vi duas postagens que me chamaram muita atenção, a primeira é sobre "A simplicidade Doméstica" retratado muito bem nas artes visuais de alguns artistas tão bem colocados no texto  de  Leonardo Climaco  no site http://www.acasaqueaminhavoqueria.com/ sugiro que deem uma olhada, vale a pena. Neste mesmo site
vi este outro  post sobre Tijolinhos,  (Foto acima) amo um ambiente assim, este já  foi escrito por Ana Medeiros. Enfim fica a dica pra quem não conhece o site fazer uma visita, tem coisas lindas, idéias de decoração e coisas do gênero. Boa leitura.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Arandela para velas.








Já disse aqui que amo velas, e consequentemente, tudo que vem junto, pra compor sua beleza e mistério.
As arandelas são um destes objetos, pra mim trazem todo um charme, um mistério meio que medieval, beleza e estilo. Deixam um ambiente aconchegante com vontade de ficar. Esta bem em alta nos dias de hoje, já que estamos cada vez mais querendo fazer de nosso ambiente um mundo todo especial e acolhedor. Então sempre é tempo pra ter uma destas e colocar naquele cantinho que você mais gosta em sua casa.
Tem pra todos os gostos, de todo tipo, material, tamanho e preços.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Pé de moça.





Com vontade de um docinho. Este é bem gostoso e docinho é claro.

Pé de Moça.

500 amendoim torrado
2 xícaras de açúcar
2 colheres de manteiga
1 lata de leite condensado
1 colher de chocolate (opcional)

Modo de Fazer

Faça um caramelo com o açúcar, o amendoim e a manteiga, mexa bem até derreter e caramelizar todo o açúcar, tire um pouco a panela do fogo e acrescente o leite condensado e o chocolate, mexa e volte a panela pro fogo. Mexa até desgrudar do fundo da panele. Coloque em uma forma untada com manteiga, espere esfriar e corte em quadradinhos passe no açúcar e pronto.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Encantos.





O que me encanta? Imagens como esta que se tem aos montes por aí, mais que bom que é assim, que tenham sempre mais, porque nunca me cansarei de ver-las, cada uma delas fala de modo tão especial,        na sua
delicadeza tão bela, e inspirações profundas sem contar a simples magia de levar-nos a uma viagem, mesmo que sem rumo ou noção, apenas tem o poder de fazer por minutos tirarmos os pés do chão, a cabeça do corpo, o sentido do real. Sem dúvida não preciso de drogas ou coisas do tipo, só isto me faz bem.

Plaquinha para Helena.





sábado, 11 de maio de 2013

Amote-te. Fernando Pessoa.

 A Todas nos mães com Carinho.




AMO-TE

Amo-te quanto em largo, alto e profundo
Minh'alma alcança quando, transportada,
sente, alongando os olhos deste mundo,
os fins do ser, a graça entresonhada.

Amo-te a cada dia, hora e segundo
A luz do sol, na noite sossegada
e é tão pura a paixão de que me inundo
Quanto o pudor dos que não pedem nada.

Amo-te com a dor, das velhas penas
com sorrisos, com lágrimas de prece,
e a fé de minha infancia, ingenua e forte.

Amo-te até nas coisas mais pequenas,
por toda vida, e assim DEUS o quiser
Ainda mais te amarei depois da morte.

Fernando Pessoa
 

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Preenchendo o vazio.

Isto se chama Preenchendo o Vazio, literalmente, enquanto me falta tempo pra novas "arterias" e inpirações,
deixo aqui coisas fofas como esta, ando mesmo ocupada e trabalhando com outras possibilidades, enquanto estas possibilidades não engrenam de vez, aproveitem esta figurinha linda e de olhar tão expressivo. Bj.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Pão doce em folhas.








PÃO DOCE EM FOLHAS COM CANELA


3 xíc. de farinha de trigo mais ou menos
1/4 de xíc. de açúcar
2 tabletinhos de fermento biológico 
1/2 colh. de chá de sal
4 colh. de sopa (50g) de manteiga em temperatura ambiente
1/3 de xíc. de leite
1/4 de xíc. de água
2 ovos  ligeiramente batidos
1 colh. de chá de baunilha

Recheio

1 xíc. de açúcar 
2 colh. de chá de canela em pó
                                               4 colh. de sopa de manteiga (50g), derretida

Modo de Fazer:
Misture o fermento com o açúcar até derreter, então vá colocando os outros ingredientes, deixe o sal por último. Deixe a massa descansar por mais ou menos 40 min. ou até que dobre de tamanho.
Abri a massa, de forma que ela fique retangular, em uma espessura de meio centímetro.
Passe a manteiga derretida por toda massa, jogue o açúcar misturado com a canela por cima, corte em quadrados. Acomode estes quadrados em pé, um colado ao outro, em uma forma média, de modo que fique todos juntos e ocupe toda forma. Deixe descansar por mais 15 minutos. Leve ao forno pré aquecido,
até que doure.

Esta receita tirei do blog http://www.testadoprovadoeaprovado.blogspot.com.br , que por sua vez também tirou de outro. A única alteração que fiz, foi ter usado o fermento fresco ao invés do seco como ela sugeriu.
Realmente é um pão doce delicioso, quentinho ou frio.

Se Inscreva para receber novidades.